22 de ago de 2008

Fazendo as malas

*Foto by Cath Kidston*

Queridas, então é isso, dentro de alguns dias (na véspera eu aviso), estaremos de férias e embarcaremos para bons dias na Argentina! Rodaremos por Buenos Aires, Mendoza, Bariloche e San Martin de los Andes! Bue e Bari nós já conhecemos, mas dessa vez vou finalmente conseguir conhecer Mendoza e sua bodegas e também a charmosa San Martin pela Ruta del 7 lagos!

Porém, toda viagem que eu faço, quando é de avião, me deixa um tanto apreenssiva por duas razões:
1º) não gosto de avião!
2º) tenho trauma de perder bagagem!

Gente, só que já perdeu bagagem sabe a dor de cabeça que é isso! Pra piorar a situação, acontece que se você, assim como eu, não tem uma mala bem diferente (como essa lindeza que ilustra o post) e usa aquela mala-de-rodinha-igual-a-de-todo-mundo, além da chance de a Cia. Aérea perder sua bagagem, ainda há a chance de outra pessoa "super atenta" levar sua mala embora (e muitas vezes sem má-fé mesmo!)!!

Quando fiz intercâmbio, eu e minha prima achamos uma solução brega-porém-eficaz de tornar nossas malas diferentes! Assim que elas chegavam na esteira a gente já sabia que elas estavam lá! rsssss
A gente comprou umas faixas tipo colar havaiano e fez um mega laço no puxador da mala! ehehehehehe!!!
Deu super certo e aquilo virou uma "moda" na família! Todo mundo tinha uma mala brega-porém-inconfundível! rsss

Maaaas, como tudo que dá certo no estilo "gambiarra" merece ser aperfeiçoado, pra essa viagem comprei umas faixas de elástico bem largas e mandei costurar! Ainda não peguei, espero que tenha dado certo, pois ao invés de eu falar o que queria, foi explicar pra moça PORQUE eu queria! Aí acho que ela não entendeu muito bem! rsssss

Ah, outra coisa, vai por mim! Se você for viajar com marido (ou qualquer outra pessoa com quem tenha intimidade para dividir a mala), não coloque tudo seu numa mala e tudo dele em outra! Misture um pouco de cada coisa em uma mala! Assim, se uma mala se perder, a outra terá itens necessários dos dois pra segurar a onda até que a "desaparecida" seja devolvida (se for devolvida!)!

13 comentários:

Claudia Pimenta disse...

oi marina! é sempre bom estar prevenida - tb costumo dividir as roupas e os objetos com meu marido... ficamos sem as malas ao chegar em paris, no ano passado! a sorte foi ter uma muda extra de roupa na mala de mão até chegar a mala gde... mas, aproveite bem!!! buenos aires é bem bacana! e tome mt vinho! bjs e boa viagem!

Marina disse...

Claúdia, eu na mala de mão só levo uma blusinha extra e uma calcinha extra! rsss!!!! Já me salvou 2 vezes!
Minha mãe perdeu a bagagem toda chegando em Paris também, só que a mala nunca apreceu!
Sim, Bs.As. é uma delícia! Vai ser bom bater perna por lá!
Ainda falta um pouquinho pra eu ir! Alguns dias mais!
beijocas!

PATRÍCIA BALDEZ AMÉRICO disse...

Eu sinceramente pensei que esse tipo de coisa fosse lenda... até que tive minha mala desaparecida em uma viagem dentro do Canadá. A bicha novinha, da Puma, com minhas roupinhas mais queridas dentro. Nunca mais! Recebi uma merreca de reembolso da companhia e uma chuva de comentários "acontece".
Minha única saída agora é levar tudo de valor na bagagem de mão e na de verdade só colocar coisas básicas pelas quais eu não choraria.

Marina disse...

Patrícia, pois é! Infelizmente não é lenda, aliás, é muuuuuuuuuito mais comum do que se imagina!
Olha, você devia ter processado a cia. aérea! O mais irritante é o "acontece" que a gente tem que ouvir!
A gente aprende na marra, mas aprende, né? rssss
Beijos!

Cinthya Rachel disse...

minha mala já sumiu! é horrível! acharam dois dias depois. eu tb enfeito minha mala com fitinhas, adesivo, bregaaaaaaaaaa mas eu vejo de longe kkk

Rê Gallo disse...

Que delícia de roteiro!!!
Olha, acabei de te mandar um email, mas não sei se ajudei. Eu, infelizmente, não estive em Mendoza.. ;((((
Se eu essa semana achar alguma coisa bacana para vc, te mando tb.

Ah, a minha mala é roxa horrorosa!!! Mas é ótima, do avião dá para vê-la no carrinho de bagagem!! hahahah
Ano passado, quando estávamos chegando de Bs. As., por acaso, um cara ao meu lado na esteira disse: Meu, de quem é essa mala gay! hahahaha Era minha e do marido. Ninguém tem coragem de roubá-la.

Bjs!

Monica Loureiro disse...

Cara, adorei sua idéia versatilíssima....Mesmo eu nunca tendo perdido malas, como eu sou TDAH, sempre confundo todas as malas que aparecem naquele "girador", e fico um tempão procurando...

Como voce colocou este elástico ?
Quero uma mala gay também !

Regiane Ivanski disse...

Oi Marina!!

Que delícia viajar...Amo,de paixão..rsrsrsrs

Já coloco marcação em bagagens já faz tempo,coisa que aprendi com minha mãe.

Até meu marido, que achava ridículo isto, se rendeu e usa fita colorida na mala para não perder tempo na esteira do aeroporto.
Aproveite e não esqueça de postar as novidades hein!!
beijocas
Re

Regiane Ivanski disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Regiane Ivanski disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
margaret disse...

Concordo inteiramente com voce. Nao gosto de aviao e tambem fico apreensiva com minhas malas, até porque uso as basicas de rodinha que todo mundo tem. Eu adotei algo parecido e na primeira vez que fiz isso meu marido quase deu ataque mas hoje ele adora. Eu comprei fita de cetim larga num rosa bem cheguei, cortei em varios pedacos e amarrei no puxador de todas as malas. Nas maiores usei varios pedacos. Basta ela aparecer na esteira e já chama atenção. Mesmo assim ja teve gente que pegou uma mala por engano mas ainda bem que na conferencia da saida deixaram ela jogada num carrinho e eu localizei. Affff...nem consigo imaginar se eu perco uma mala.

Marina disse...

Cinthya, aêêêêê!!!! Mais uma pro clube das malas-bregas-porém-inconfundíveis! kakakakaka

Rê, vou lá ver seu e-mail! Desde já obrigada, querida! E, olha, malas gays são o que há!!! kakakaka A chance de não enxergá-la é mínima! kakakakaka

Mônica, simplesmente passo o elástico pela mala! Uma na vertical e um na horizontal! É simples demais, muito muito muito mesmo! rssss

Regiani, meu marido tb não gostava agora não liga mais! kakakakakaka

Margarete, não creio que algum desatento ainda consegui pegar sua mala cheia de frufrus por engano! kakakakakaka Que possoa louca! Agora, que raiva ele ter largado num canto qualquer, heim! Aff!


beijocas em todas

Dymaima disse...

Eu nunca sei o que levar na minha mala, então levo tudo!
Depois tenho que comprar outra mala para colocar tudo o que comprei!
O mês passado estive num aluguel Buenos Aires com minhas amigas e comprei de tudo!