22 de abr de 2008

Um manifesto divertido (e que tem a minha adesão)

Antes de me tornar uma leitora de blogs de decoração e delicadezas pra casa da gente, eu já era uma leitora ávida de blogs de viagem!

Eles me foram apresentados por Ricardo Freire, o queridinho dos blogueiros e não blogueiros viajantes!

O Riq Freire tem um blog chamado Viaje na Viagem, que eu amo!
A versão antiga do blog (mas não a primeira) trouxe a explicação do surgimento da não-fundada ONG PCECPP, ou seja, Primeiro Comando de Extermínio das Cadeiras de Plástico nas Praias.
Um bem humorado manifesto contra aquelas cadeiras de plástico que, certamente, não fazem parte no nosso imaginário do cenário perfeito para férias numa praia paradisíaca!

Vou transcrever alguns trechinhos aqui, mas pra ler a versão integral, com um bom-humor que é tipico do Ricardo, passa lá e aproveita e já começa a planejar suas próximas férias, garanto que você vai encontrar muitas dicas por lá!

"Já passei dos 40, mas mesmo assim ainda tenho grandes planos para a minha vida. Sonho em ficar rico e virar um filantropo. Quero abrir uma ONG. Meu objetivo: salvar as praias do planeta da invasão das cadeiras e das mesas de plástico.
Poucas coisas me deixam mais triste do que ver uma praia bonita infestada de móveis de plástico. Para mim, uma cadeira de plástico (mesa, pior ainda) sobre a areia é como uma garrafa PET sobre a areia: lixo.
Não, não estou dizendo que todas as praias têm que ser ocupadas com o charme dessas cabanas e desses sofás aí da foto, do Cauim, um bar à beira do rio Trancoso. Adoraria, mas sei que isso seria impossível.
Mas acho, sim, que as cadeiras de plásticos podem ser substituídas, com ganho de conforto e funcionalidade, pelas cadeirinhas dobráveis de estrutura de alumínio e encosto de nylon – aquelas que continuam em uso na Zona Sul do Rio, em Boa Viagem, no Recife, e no Porto da Barra, em Salvador.
Minha ONG ainda não foi fundada, mas já tem nome e sigla: vai ser o PCECPP – Primeiro Comando de Extermínio das Cadeiras de Plástico na Praia.
Não tire conclusões precipitadas – nossos métodos de atuação não serão violentos. Planejo exterminar as cadeiras de plástico com argumentos científicos.(...) "

Então, esse post é só pra deixar consignado o seguinte: A gente apóia o PCECPP!!!!!!

* Foto do próprio Ricardo Freire*

7 comentários:

Caroline Macedo disse...

Marina, primeiramente, muito obrigada pela visita em meu blog!
Adorei este seu post de hoje. Realmente muito divertido, porém é um post ADVERTINDO a quem já ou não prestou atenção sobre esta situação nas praias brasileiras. Foi uma ótima dica, esta sua do Riq Freire e o apoio à ONG!!! Adoro!
Bjos.

Lú! disse...

Adorei!
Mais uma dica super legal!!!!
Já até mandei o link pra uma amiga minha lá da Dinamarca, que esta vindo pro Brasil passar férias (Fernando de Noronha)ela adorou, tem um post recente falando de lá, dicas de pousadas, etc!
Valeu mais uma vez querida!
Bjinhos...
:)
Ah vou te mandar um email...
Depois dá uma olhada!
;)

Marina disse...

Caroline,
imagina, adorei seu blog!
Aliás, vc conhece o blog da Julia? O Child Things? Acho que vc vai gostar mt dele, pois o objeto, o tema é o mesmo do seu!
Eu moro pertinho da praia, dez minutinho a pé, e fico extremamente irritada quando vejo a falta de cuidado das pessoas! humpf!
O manifesto do Riq é bacana e vale de alerta! Fora que eu sou fanzoca do blog dele, o pessoal que frequenta é super bacana e troca milhões de dicas de viagem excelentes!

Lú, vale muito a pena fazer uma pesquisinha no blog do Riq sobre qq lugar do nrodeste! O cara é super bem informado e bem humorado!
Vou lá ver o e-mail! rsss
beijocaaaaaaaaas

M.KATE disse...

i really like the picture, where is this? did you take this photo? so nice :)

Siliani disse...

Marina adorei este post, pois moro em uma Praia que está infestada de gente que aluga estes tais móveis de plásticos,seria um luxo ter uma praia com aquelas cadeiras de madeira que usavamos tempos atrás.Ou melhor uma praia como está de seu post.Beijos

Hazel disse...

Marina
Adorei o seu blog. Que fotos lindas!
Convido-a a conhecer a Casa Claridade.
Um abraço!
Hazel

Roberta Portella disse...

Caramba...em Buzios aconteceu esse "IMPACTO VISUAL EXTERMINADOR DE QQ ROMANTISMO!!!"..cheguei na praia da azeda..ou azedinha,nao lembro,mas lembro sim de deparar c mesas e cadeiras em plastico..
Que coisa horrorosa~!!
E tem outra: eu nao posso,nao entendo,e nao quero entender como,uma pessoa que tem uma cpbertura,terraço,varanda,area..pode escolher plastico em vez de madeira pro mobiliario!! Tem lojas super em conta que vendem coisas lindas imitando as grandonas Tamandua Bandeira..etc e tal..
Em Maua' tinha uma que se chamava "Coisas da Terra"..onde comprei os meus.
bju em todos